A onça do Pantanal

Reações: 
Imagens do Google

Era uma vez uma onça
Que vivia no pantanal.
Ela era arrepiante!
Todo mundo tinha medo dela,
principalmente os veados.
Mas, a onça era boazinha,
ou pelo menos, fingia.
Quando via um gatinho,
Cumprimentava com uma lambida.
Mas, quando via um veadinho,
Cumprimentava com uma mordida.
Muito das doídas!
Quando ela via um pássaro voando
Ela tinha vontade de voar,
Mas só para poder
Os passarinhos abocanhar!

 Texto feito 100% pelo João, cada dia que passa a mamãe tem menos pra corrigir!

14 comentários:

Andréia Sales on 8 de janeiro de 2012 12:21 disse...

Parabéns querido João.
Que texto divertido.
Bjks

✿ chica on 8 de janeiro de 2012 12:42 disse...

Lindo e parabéns, João!!!Que coisa boa isso e sabes por que escreves tão bem? Porque gostas e lês bastante! Isso faz toda a diferença.

Coontinua assim! beijos,chica

Eunice Maria on 8 de janeiro de 2012 14:11 disse...

Oi, João Felipe! Você está escrevendo cada vez melhor, hein? Parabéns pelo texto - poesia! Beijo, Eunice Maria.

http://efacilserfelizartesanais.blogspot.com/
efacilserfeliz.artesanais@gmail.com

Eunice Maria on 8 de janeiro de 2012 14:15 disse...

João Felipe, qual é o seu e-mail e sua data de aniversário? Me manda por e-mail, tá?
Lá na lateral do meu blog em "Selos, cartões e mimos dos amigos" é só clicar que você encontrará um selinho que estou oferecendo para os meus seguidores. Se você me der a honra de colocar em seu blog vou ficar muito feliz.Beijo,
Eunice Maria.

http://efacilserfelizartesanais.blogspot.com/
efacilserfeliz.artesanais@gmail.com

Jardim das poesias infantis/Magia em versos on 8 de janeiro de 2012 15:50 disse...

Oi João!
Você está cada vez mais craque em escrever e a poesia ficou bem divertida.
Eita onça danada, pela foto se vê que é bem folgada,rs.
Vais longe!
abração

Edilene on 8 de janeiro de 2012 15:51 disse...

te amo também meu lindo! mamãe!

Tunin on 8 de janeiro de 2012 16:12 disse...

João, tu és um escritor especial! Gostei demais da tua onça. Está bem escrita. A história em forma de poesia está muito bonita, garoto! Legal!!!
Abração.

Josinete Beatriz on 8 de janeiro de 2012 18:53 disse...

Oi meu amiguinho lindo!!!também estava com saudades e um braço dodói...caí e tive que imobilizar...agora estou melhor e vim matar a saudade de voce. Joãozinho, que onça peralta, hein? gostei muito da história!!! Adoro voce, meu anjo...e quero sempre está do seu lado para aprender a ser melhor com sua essência de criança. Te amo muito, viu? Beijinhos pra ti e pra mamãe...
Com carinho, Josi.

sandra Andrade on 8 de janeiro de 2012 20:10 disse...

Lindo poema meu menino João! Tenho orgulho por literário por você!Bjos poéticos de sandra Andrade!

soninha on 8 de janeiro de 2012 21:07 disse...

Que legal!!A onça é mesmo uma faminta...rs.beijinhos de luz

Anne Lieri on 9 de janeiro de 2012 10:42 disse...

jOÃO, sua poesia está maravilhosa!Que legal sua mãe ter que corrigir cada vez menos!Eu vi pela carta que me enviou que está escrevendo muito bem mesmo, com uma letrinha linda!Parabéns!Beijo da menina voadora!

Gente de Massinha on 9 de janeiro de 2012 14:29 disse...

Oi João, super legal a nova história, bem escrita, divertida e fazendo a gente visualizar as cenas. E muito legal também que a mamãe tem corrigido cada vez menos. É mocinho, ainda vou comprar seus livros e dizer toda boba: "Sigo o João desde quando ele era um menininho" :D Saudades, Pat

Adriane on 17 de janeiro de 2012 09:16 disse...

Olá João Felipe, tudo bem? Adorei esta foto da onça pintada, que linda!
Um ótimo 2012 para você e sua família! Abraço, Adri.

Adriane on 17 de janeiro de 2012 09:18 disse...

e, esqueci, ...Parabéns pelo texto, muito bacana!

Postar um comentário

Adoro visita e adoro ler os comentários, não saia sem me contar o que achou do meu blog e das minhas postagens, volte sempre e deixe o endereço do seu blog para que possa retribuir a visita! Um beijo!