Resenha: As Aventuras de Hans Standen

Reações: 

Hans Staden nasceu na Alemanha e percorreu todo o mundo, passou por várias aventuras com as navegações daquela época (1547). Da Alemanha ele foi para Portugal e acabou chegando ao Brasil no navio do Capitão Penteado. Quando chegaram ao Brasil, encontrou os índios revoltados com a escravidão, passou por vários apuros e voltou para Lisboa. Uma outra viagem ao Peru, por causa de um naufrágio ele acabou pisando novamente no Brasil e encontraram três tribos indígenas, os tupiniquins que eram aliados dos portugueses, os carijós, e os tupinambás, que eram aliados dos franceses e carnívoros. Hans ficou por lá trabalhando para o governador até que foi atacado pelos Tupinambás, e os Tupiniquins tentaram ajuda-lo, mas não conseguiram, eles amarraram Hans e exibiram-no aos outros, debochando. Hans tentou convencer os Tupinambás que ele era alemão e amigo, mas não adiantou, eles estavam decididos a comer Hans para se vingar dos portugueses. Algumas coisas aconteceram que atrapalharam os índios de jantarem Hans, como quando ele rezou a oração do Pai Nosso e choveu na mesma hora, os índios tiveram medo do Deus de Hans.  O alemão se aproveita disso para tentar convencer os índios a não serem canibais. Os índios o entregam a outros índios e falam do medo que tem do Deus de Hans, e que é melhor não mexer com ele. Para surpresa Hans passa ser tratado como amigo, mas quando aparece um navio francês Hans convence o índio Abati-poçanga que tem parentes na tripulação e vai embora para França e depois para Alemanha, aliviado de não ter sido devorado. A história de Hans virou um livro.
 
Eu gostei muito desse livro, fiquei um tempão lendo e relendo porque a historia é verdadeira e muito envolvente, fiquei tenso pensando que Hans ia ser devorado, depois me deu vontade brincar de índio e fiz até arco e flecha, e também fiquei desenhando cenas do livro, até hoje sempre olho pra matar saudade.

 

5 comentários:

Pequeno Príncipe on 14 de outubro de 2013 01:49 disse...

João, eu também gosto muito de livros de aventura!
Esse livro eu ainda não li.
Estou lendo um livro muito legal "O menino que mordeu Picasso" a história e sobre o menino Tony, amigo do Picasso.
A amizade deles é muito linda!
Um abraço
pedro

✿ chica on 14 de outubro de 2013 04:47 disse...

João, que legal tua resenha e acho que o livo deve ser mesmo muito legal e as crianças devem adorar! Continua a ler bastante!

um beijo,tudo de bom,chica

Neno on 14 de outubro de 2013 07:24 disse...

Deve ser muito legal esse livro!
Eu estudei no começo do ano sobre os índios que viviam no Brasil!
Que bom que você voltou!
Bjs do Neno

Anne Lieri on 14 de outubro de 2013 17:12 disse...

João Felipe,hoje vim aqui pra te dizer que vc é um excelente blogueiro e foi por isso que te escolhi pra ser entrevistado no meu blog da Menina Voadora,viu? Além disso é muito inteligente,sensivel e esperto e ainda tem bom gôsto...rss...linda a história que escolheu pra ler! Bjs e boa semana pra vc e sua mãe!

Neno on 21 de outubro de 2013 09:20 disse...

Oi João.
Vim aqui para agradecer a visita!
Bjs do Neno

Postar um comentário

Adoro visita e adoro ler os comentários, não saia sem me contar o que achou do meu blog e das minhas postagens, volte sempre e deixe o endereço do seu blog para que possa retribuir a visita! Um beijo!